Corte do cabelo na Micropigmentação Capilar

Corte-de-cabelo-para-fazer-a-micropigmentação-capilar

Como devo usar o corte de cabelo?

Será preciso raspar a cabeça para realizar a Micropigmentação Capilar?

Não será necessário raspar os cabelos para realizar o procedimento de Micropigmentação Capilar, exceto nos procedimentos  da técnica cabelo raspado  ou  técnica fio-a-fio 3D

Sobre o corte de cabelo após a Micropigmentação Capilar

Na confirmação do agendamento, através de um e-mail o cliente é orientado a cortar e se apresentar no dia do procedimento com o cabelo da forma habitual ou o corte ideal para a técnica pretendida. O corte deverá ser feito um dia antes de realizar o procedimento.

Dependendo do projeto, da técnica usada e do o perfil do cliente, em alguns casos irão permitir que se use o cabelo um pouco maior ou menor e que a manutenção de corte seja feita com menos ou mais frequência que o tratado no projeto inicial no dia da execução, mas não garantimos essa flexibilidade e somente a prática e o dia-a-dia irão mostrar a viabilidade de outra regra que não seja a planejada.

Será necessário que quem se submete à técnica tenha disciplina e siga as orientações de periodicidade e tamanho que deverá cortar os cabelos. Apesar de haver algumas raras exceções, geralmente não permitirá que se faça o corte do cabelo menor do que foi tratado e que estava usando no dia da realização do procedimento, os anotações do tamanho do corte e periodicidade de corte irão constar na ficha de cada cliente que será preenchida no dia do procedimento.

Caso o cliente queira usar um corte diferente do planejado por querer um novo estilo ou devido à uma calvície que tenha aumentado, nos casos em que essa mudança de estilo do corte não seja possível sem modificar a técnica do procedimento ele terá que fazer uma nova etapa de procedimento (cobrada em novo orçamento). Quando não for possível mudar o estilo só com a realização de um novo procedimento por existir ainda pigmentos muito intensos que foram implantados na técnica do projeto inicial/anterior, a remoção do pigmento deverá ser feita (por raio laser) para que se faça o novo procedimento na nova técnica pretendida.

Geralmente, nos procedimentos que se usa os pigmentos mais escuro se a calvície aumentar antes do prazo de renovação desse pigmento, que se da entre 2 e 8 anos, para evitar que o pigmento do procedimento fique exposto de forma esteticamente desconfortável, denunciando a existência de um procedimento que se apresenta com aspécto artificial, será necessário fazer uma adaptação (modificação) para  uma nova técnica para cabelo cortado na maquina ou raspado na lâmina. Para essa modificação o usuário da Micropigmentação Capilar deverá fazer o clareamento ou remoção com Raio Laser e só depois será executado um novo procedimento com o outro estilo  indicado para a nova realidade da calvície do cliente. Para  o novo procedimento será cobrado o  preço de primeira etapa de acordo com a tabela de preços atual.

De acordo com as técnicas executadas em nossa clínica, criadas pelo dermopigmentador Elan Mello, existem cinco tipos de estilos/técnicas de procedimento. Se embasado na realidade e perfil do cliente for indicada a execução de um procedimento para cabelo maior, onde se faz um fundo escurecendo o couro cabeludo (muito usado em clientes que tenham transplantes) sem desenhar cabelos ou bulbo e esse cliente queira ou precise mudar o estilo para cabelo menor onde se desenhe fio-a-fio ou folículo (bulbo, pontinhos), caso o procedimento deste cliente ainda não tenha clareado permitindo mudar o estilo, será necessário fazer remoção com raio laser e assim preparar a região para um novo procedimento. O novo procedimento será executado com o preço conforme a tabela de preços, considerando preço de primeira etapa.

Para os procedimento com tons de pigmentos mais escuros e concentrados, geralmente os projetados para se usar com corte na tesoura, com a haste (fio) com tamanho em média de 5 cm, mesmo nos casos que permitiram que se use o cabelo com um corte mais baixo que o combinado no dia do procedimento, dificilmente este cliente poderá cortar o cabelo mais curto que na máquina n° 4, no entanto só a prática e o dia a dia poderá mostrar a viabilidade de um corte menor.

Só se desenha fios de cabelo com redemoinho na técnica Fio-a-fio 3D (2 sessões) e folículos (bulbo, pontinhos) na técnica Cabelo Raspado em 2 sessões, ambas as técnicas são indicadas para clientes que usam o corte de cabelo na gilete ou na maquina  “0” e “0 alta”. Nessas técnicas, no dia do procedimento deverá se apresentar com os cabelos em um desses cortes, conforme orientado no e-mail de agendamento, devendo conservar o tamanho do cabelo após executar o procedimento realizando o corte periodicamente de 3 em 3 dias para que haja um resultado mais natural (foto tirada no dia servirá de arquivo para lembrar o tamanho do cabelo no dia do procedimento).

Caso o procedimento seja planejado para um tipo de corte na tesoura ou número de máquina e após a cicatrização haja um clareamento maior que o esperado o cliente deverá avaliar a possibilidade de diminuir essa diferença abaixando um poco o corte de cabelo com o objetivo de tirar o contraste dos cabelos escuros e o pigmento do procedimento que clareia com o passar do tempo.

Depoimentos de Famosos

 
Gracyanne Barbosa fala da Micropigmentação Capilar de Elan Mello
 
Depoimento de Dedé Santana para Elan Mello
 
David Brazil envia recado para Elan Mello

Camada Correta da Microcapilar – Na Derme Reticular Não Clareia Após a Cicatrização

microcapilar micropigmentação capilar derme papilar reticular

Micropigmentação Capilar Definitiva

Micropigmentação Capilar definitiva ou permanente é tatuagem

Na Micropigmentação Capilar o pigmento é mais superficial que na tatuagem e por isso não é definitivo. Tatuagem no couro cabeludo irá ficar verde. A agulha é mais fina e o pigmento especial na Micropigmentação Capilar. Quem promete Micropigmentação Capilar definitiva engana o consumidor por dinheiro